WHITEPAPER

WHITEPAPER: SELEÇÃO POR CURRÍCULO PROMOVE DISCRIMINAÇÃO POR GÊNERO, COR E IDADE


A triagem por currículo é clássica em processos seletivos, mas será que é a mais justa?

 

Muitos estudos mostram que o currículo favorece diversos tipos de discriminação.

 

Nesse material você terá contato com resultados reais de algumas dessas pesquisas.

 

Veja um pouco do que exploramos no material:


Preencha o formulário e baixe o material!


Discriminação de gênero:


Mulheres recebem ofertas de salário 13% mais baixas


Estudo da Universidade de Yale mostra que mulheres com as mesmas qualificações que homens, são vistas como menos competentes e tem ofertas de salário menor.



Discriminação de cor:


Brancos recebem 50% mais retorno a candidaturas


Estudo do National Bureau of Economic Reasearch dos EUA mostra que currículos iguais, mas com nomes que remetem a diferentes origens étnicas tem retorno a vagas diferente.



Discriminação por idade:


Mais velhos chegam a ter 47% menos oportunidades


Estudo do Banco da Reserva Federal de São Francisco mostrou que mesmo com qualificações equivalentes, mais velhos são preteridos nos processos seletivos


ACESSAR CONTEÚDO

© 2020 Mindsight. Todos os direitos reservados